28º Carta - Um singelo bilhetinho

Bem-vindos ao blog e ao convite para ler as cartas de amor inspiradas nas histórias que ouço todos os dias em meus atendimentos astrológicos, nos encontros da vida, e em minhas próprias experiências. Para quem quer saber mais sobre elas, veja o post da primeira carta no link:    

http://ferzanini.blogspot.com.br/2015/10/as-cartas-de-amor.html

28º Carta – 05/11/15


Inspirada em um dia de muitos atendimentos especiais.

Amor,

Hoje trabalhei muito, e você sabe o quanto isso me realiza, me faz plena, mas confesso que estou bem cansada. 
Preciso que me empreste seu peito para eu deitar a minha cabeça e descansar sentindo o seu coração bater. Me tira do ontem, do outro, e do amanhã, me deixa mergulhar em você para poder ser agora. Hoje só quero isso, ser onda no seu mar, ser a paz que você me traz, e ser casa de campo para você morar.

É tão bom...  Tem dia que é simples...

Sempre sua,

Eu
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

49º e Última Carta - Ser e deixar Ser